logotipo Federação Brasileira de Bridge
Carta do Assis sobre o Bermuda Bowl 2015

Carta do Assis sobre o Bermuda Bowl 2015

Caros amigos,

Finda a fase preliminar de classificação na Bermuda Bowl disputada em Chennai, Índia, cabe à Federação fazer os seguintes registros:

  1. A Equipe Livre surpreendeu com uma atuação invejável. Faltando apenas três jogos, ocupava o sexto lugar na competição. Infelizmente, no final, foi atropelada pelos maus ventos de Chennai e ficou a 1,23 pvs do oitavo colocado. Pelo que vi (assisti a alguns jogos, até na madrugada) e pelo que ouvi dos comentaristas mais experientes, havia muito tempo que a Equipe Livre não se sobressaía com tamanha exuberância no maior torneio anual do Bridge. Todos jogaram bem, Gabriel, Miguelzinho, Diego, Beto, Jeovani e Paulinho, mas não posso aqui deixar de prestar uma homenagem especial à dupla Gabriel e Miguelzinho a qual, inclusive, conquistou o primeiro lugar no ?butler?. Acho que todos nós, brasileiros, devemos tirar o chapéu para a dupla. Lavou a nossa alma.
  2. A Equipe Feminina não teve o mesmo desempenho e terminou a competição em 15º lugar. Pena. Vamos esperar pelo próximo ano.
  3. A Equipe Sênior, formada às pressas, nos derradeiros instantes das inscrições, teve uma triste atuação no campeonato. No ano vindouro, sugiro que se leve mais a sério a sua representação no mundial.

Em suma, podemos todos guardar na memória desta Bermuda Bowl a elogiável performance da Equipe Livre do Brasil.

Abraços. Assis.