logotipo Federação Brasileira de Bridge
Carta sobre a Seleção 2016

Carta sobre a Seleção 2016

Caros amigos,

A diretoria da Federação ouviu as ponderações dos seus associados relativas aos preços cobrados para a disputa do torneio de seleção. Conquanto não tenha havido aumento de um ano para outro, além de ignorar a inflação do período, a Federação não desconhece que vivemos sombrios dias de crise. Assim, resolveu acolher a sugestão do Amilcar que, basicamente, adota o seguinte princípio: quem joga menos, paga menos.
Isto é, o jogador pagará por cada fase da competição. Se for desclassificado, vai para casa, mas não paga mais por isso.
Evidentemente, os valores devem se adequar ao número de quadras inscritas.
Exemplos:
Com sete a dez equipes livres: o jogador residente pagará R$250,00 para disputar a fase classificatória, mais R$ 125,00 para a semifinal, e ainda R$ 125,00 se chegar à final;
Com onze a 16 equipes livres: o jogador residente pagará R$ 200,00 para disputar a fase classificatória, mais R$ 75,00 para as quartas de final, R$ 100,00 a semifinal, e ainda R$ 125,00 para a final.
A preocupante timidez das inscrições para o torneio de equipes femininas, nos leva a dar outros exemplos:
Com apenas duas equipes: a jogadora residente pagará R$ 125,00;
Com três ou quatro equipes: a jogadora residente pagará R$ 125,00 pela fase classificatória e mais R$ 125,00 se alcançar a final.
Os não residentes pagarão 2/3 dos valores aqui apontados.
As outras modalidades (sênior e misto) seguirão idênticos princípios.
Em suma, é isso. Obrigado. Assis.